Coton de Tulea

Características da raça

Grupo da Raça (FCI): Cães Pastores e Boiadeiros

País de Origem: Madagáscar

Data de Origem: Século XVII

Altura: 22 – 30 cm

Porte: Miniatura

Peso: 3 – 6 kg

Tamanho do Pelo: Longo

Tipo da Pelagem: Macia, Ondulada eFina

Expectativa de Vida: 14 – 18 anos

Cor: branco com detalhes cinza claro ou vermelho ruão

Residência

  • Bom para apartamento: Sim
  • Bom para casa: Sim
  • Tolerância ao frio: Média
  • Tolerância ao calor: Média
  • Gosta de latir: Não
  • Gosta de uivar: Não

Temperamento

  • Nível de energia: Médio
  • Gosta de brincar: Sim
  • Fica bem sozinho: Não
  • Bom cão de proteção: Não
  • Nível de obediência: Alto
  • Instinto de caça: Baixo

Convivência

  • Gosta de outros cachorros: Sim

  • Gosta de outros animais: Sim

  • Gosta de crianças: Sim
  • Lida bem com desconhecidos: Sim
  • Carinhoso: Sim

Cuidados básicos

  • Cuidados com a pelagem : Muito
  • Solta pelo: Pouco
  • Exala cheiro: Pouco
  • Baba: Pouco

Doenças comuns

  • Luxação da patela
  • Atrofia progressiva da retina

Mais sobre Coton de Tulear

Origem

A raça coton de Tulear é originária da ilha de Madagascar, porém, seu desenvolvimento ainda é impreciso. Acredita-se que esses cães sejam descendentes do bichon frisé cruzado com o bolonhês italiano. Cão de companhia da família real da ilha, no século XVII, esse cão era restrito apenas aos reais, sendo proibido sua posse por plebeus.

 

Seu nome vem da palavra francesa “coton”, que quer dizer algodão em francês, referente à sua aparência branca e peluda, mais evidenciada quando o cão é filhote. Tulear é a região onde o cão foi popularizado.

Temperamento

O coton de Tulear carrega as características de qualquer bichón: é apegado à família, carinhoso, adora ficar perto dos donos e se dá muito bem com crianças e outros animais. Até por isso a raça não gosta de ficar sozinha e pode cair em depressão em estados assim.

 

Atenta,  a raça costuma desempenhar um bom papel de cão de guarda e costuma latir muito ao sentir alguma coisa estranha na casa.

Cuidados Básicos

Ainda que bem peludo, o coton de Tulear não solta pelos pela casa e precisa, apenas, de algumas escovadas para retirar a pelagem morta.

 

A raça é saudável e pode apresentar raros casos mais graves de doenças, como a displasia e a luxação patelar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *