Dogue Alemão

Características da raça

Grupo da Raça (FCI): Pinscher e Schnauzer

País de Origem: Alemanha

Data de Origem: 2.000 A.C

Altura: 72 – 90 cm

Porte: Gigante

Peso: 45 – 90 kg

Tamanho do Pelo: Curto

Tipo da Pelagem: Dura, Lisa e Grossa

Expectativa de Vida: 7 – 10 anos

Cor: dourado, tigrado, preto, azul, arlequin

Residência

  • Bom para apartamento: Médio
  • Bom para casa: Sim
  • Tolerância ao frio: Baixa
  • Tolerância ao calor: Média
  • Gosta de latir: Não
  • Gosta de uivar: Não

Temperamento

  • Nível de energia: Médio – 0% concordam
  • Gosta de brincar: Sim – 0% concordam
  • Fica bem sozinho: Médio – 0% concordam
  • Bom cão de proteção: Não – 0% concordam
  • Nível de obediência: Médio – 0% concordam
  • Instinto de caça: Baixo

Convivência

  • Gosta de outros cachorros: Sim

  • Gosta de outros animais: Sim

  • Gosta de crianças: Sim
  • Lida bem com desconhecidos: Sim
  • Carinhoso: Sim

Cuidados básicos

  • Cuidados com a pelagem : Pouco
  • Solta pelo: Pouco
  • Exala cheiro: Pouco
  • Baba: Muito

Doenças comuns

  • Displasia coxofemural
  • Infecções de ouvido
  • Torção gástrica
  • Doenças do coração

Mais sobre Dogue Alemão

Origem

O dinamarquês, também conhecido como dogue alemão em algumas regiões, é um cão de porte gigante que está presente na vida dos humanos desde o ano 2000 a.C. De cor variada, ele passou por uma série de melhorias na Alemanha, quando começou a ser cruzado comgreyhounds para ganhar uma aparência mais esbelta.

Temperamento

Às vezes intimidador por seu tamanho, o dogue alemão é um gigante gentil, que comumente se dá bem com crianças, estranhos e outros animais, desde que socializado quando filhote. Amável e muito carinhoso, ele gosta de fazer parte da família e quer sempre estar por perto de seus entes mais queridos, os protegendo com frequência, mas sem o uso de agressividade.

 

Assim como o personagem Scooby Doo, alguns dinamarqueses podem ser medrosos e preguiçosos, o que pode ser um problema para seus donos – uma vez que é um cão muito grande e difícil de ser tirado do lugar.

Cuidados Básicos

O dinamarquês não requer cuidados muito específicos, apesar de precisar viver em uma casa espaçosa. Sua pelagem curta necessita de escovação semanal e banhos mensais.

 

Ao escolher um filhote da raça, busque maiores informações sobre os pais do animal. Comum em cães grandes e gigantes, o cachorro pode sofrer de displasia coxofemoral, um problema genético que causa muita dor e irritação.
Por ser um cão grande, ele também não deve se exercitar após realizar suas refeições – já que possui uma predisposição maior para a ocorrência de torção gástrica, um problema que pode ser irreversível e fatal.

Foto: Warchild

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *