Gatos castrados precisam de alimentação especial

A castração é um procedimento cirúrgico amplamente recomendado pelos médicos veterinários, com benefícios comprovados à saúde dos bichanos. Além de prevenir doenças e deixá-los mais dóceis, ajuda a evitar a reprodução desenfreada e, consequentemente, o aumento de casos de abandono.

 

Mas não se pode esquecer que gatos castrados apresentam mudanças metabólicas e de comportamento, que implicam numa vida mais sedentária, no ganho de peso, na propensão aos cálculos urinários e incidência maior de bolas de pelos. E isso torna muito importante um cuidado alimentar diferenciado, que ajude a prevenir problemas.

É recomendável adotar alimentos específicos para castrados, de acordo com a faixa etária do gato, pois esses produtos têm como foco a manutenção do peso ideal, a prevenção dos cálculos e o controle das bolas de pelos. Além, é claro, de agregarem outros benefícios gerais à saúde, já que serão consumidos pelo resto da vida do animal.

Um gato pode se tornar obeso 30 dias após a castração, daí a importância de se instituir rapidamente a dieta adequada após a cirurgia. No entanto, à medida que envelhecem eles tendem a emagrecer e, portanto, precisam de uma dieta que ofereça níveis calóricos ajustados para as diferentes fases da vida.

Também a predisposição a determinados tipos de cálculos varia conforme a idade. E o alimento para gatos castrados ajuda a manter um pH urinário adequado ao longo da vida, prevenindo o aparecimento do problema, de acordo com a veterinária.

Por tudo isso não vale abrir mão do alimento ideal para o bichano após a castração. Assim ele terá uma vida mais saudável, longa e feliz.

Fonte: Blog do Gateiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *