Queimadura de taturana pode matar um cachorro?

Você sabe o que acontece se um cachorro entrar em contato com uma taturana?  O que fazer se seu cachorro entrou em contato com uma taturana?

Veja o que você pode fazer para proteger seus animais de estimação.

Na verdade, a lesão provocada por este tipo de lagartas não é exatamente uma queimadura, mas sim uma reação às toxinas liberadas pelo inseto.  Alguns tipos de lagartas, como a brasileira, Taturana Lonomia Obliqua podem ser extremamente perigosas caso seu pet entre em contato com mais de uma delas. Na verdade, esta espécie de taturanas é muito perigosa e pode matar inclusive pessoas que acabem entrando em contato com várias taturanas ao mesmo tempo.

Este tipo de taturana diminui a produção de fibrina no organismo, que é a substância responsável pela coagulação sanguínea. Por este motivo um dos sintomas mais comuns em caso de contato com uma taturana é aparecerem desde pequenas até grandes hemorragias no animal afetado. Podem ocorrer sangramentos pelo nariz, gengivas etc.

Todo tipo de taturana pode ser perigoso para os cães?

Em primeiro lugar, tenha em mente que qualquer tipo de taturana deve ser considerado um inseto muito perigoso, principalmente em caso de filhotes que colocam a boquinha em tudo o que encontram na sua frente. Se a taturana é capaz de causar uma lesão muito dolorida na pele, imagine no caso de ingestão. Existe um outro tipo de taturanas que podem destruir florestas de pinheiros inteiras, e também podem causar graves ferimentos tanto em animais quanto em seres humanos.

Seu nome científico é Thaumenotopoea Pityocampa, essa taturana é um tipo de traça que ainda está na forma de larva, e mede entre  1 e 3 centímetros de comprimento, tem uma infinidade de pelos urticantes e é capaz de deslizar sob a pele, membranas e mucosas, causando sérios ferimentos.

A mariposa é normalmente encontrada nos pinheiros, mas também pode ser vista em cedros. Podemos reconhecer a sua presença observando seus ninhos nos ramos que ficam com uma aparência esbranquiçada.

A mariposa, ainda enquanto larva, também é um perigo real, especialmente para os cães que andam por aí investigando tudo ao seu redor e que têm o hábito de cheirar o chão. Devido aos hábitos de nossos peludos, eles estão propensos a ingerir acidentalmente ou inalar os pelos urticantes que podem penetrar o trato respiratório e digestivo. Caso isso ocorra, em um curto espaço de tempo o cachorro começa a apresentar dor, salivação abundante, febre, edema de glote a inflamação da boca, esôfago e estômago, podendo ocasionar a necrose da mucosa da língua, vômitos hemorrágicos, diarreia sanguinolenta e recusa alimentar.

O que fazer se o seu cachorro entrou em contato com uma taturana

Queimadura de taturana pode matar um cachorro?

Com o passar dos minutos, você irá notar que a língua, como resultado da inflamação, começará a inchar em um tamanho considerável atingindo um quadro patológico que pode até levar à asfixia do animal. Além disso, o tecido celular da língua irá entrar um processo de necrose com a consequente perda de porções da língua.

Por isso é muito importante que você aja imediatamente, mediante a suspeita de contato com uma taturana, a fim de tomar medidas urgentes para salvar a vida do cachorro. Antes de correr com seu cãozinho para o veterinário, procure lavar a boca dele com bastante água, no caso de contato com a boca, tentando eliminar, na medida do possível, os pelos urticantes de sua boca com repetidas lavagens de água limpa.

Durante esta operação, que será muito difícil, porque o cachorro tende a não querer ser tocado devido a dor, por sua vez, você também deve tentar proteger-se. Tome cuidado para que suas mãos e os olhos não entrem em contato com os pelos urticantes. Nesse meio tempo, você deve contactar o seu veterinário para submeter o cachorro à terapia de suporte mais adequada para o caso dele.

Cães pequenos podem morrer devido a queimadura de taturana?

A gravidade dos efeitos colaterais sentidos pelo animal afetado pelo contato com a taturana, está relacionado à quantidade de toxina liberada pelo inseto. Devido ao pequeno tamanho, cães pequenos e filhotes de cachorro, podem estar mais suscetíveis do que animais maiores, a desenvolver quadros mais intensos, devido a toxicidade liberada pela taturana.

Existe alguma maneira de prevenir que meu cachorro seja queimado por uma taturana?

A melhor maneira de prevenir que seu cachorro seja vítima de uma queimadura de taturanas é manter ele sempre a vista e observar as brincadeiras em ambiente externo atentamente. As taturanas possuem muito poucos predadores naturais e por este motivo elas tem se espalhado de forma significativa em muitas regiões de Portugal e do Brasil.

Fonte: Site Eu Quero Biologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *