West Highland Terrier

Características da raça

Grupo da Raça (FCI): Terriers

País de Origem: Reino Unido

Data de Origem: Século XIX

Altura: 25 – 29 cm

Porte: Pequeno

Peso: 5,5 – 10 kg

Tamanho do Pelo: Médio

Tipo da Pelagem: Macia, Ondulada eGrossa

Expectativa de Vida: 12 – 16 anos

Cor: Branco

Residência

  • Bom para apartamento: Sim
  • Bom para casa: Sim
  • Tolerância ao frio: Alta
  • Tolerância ao calor: Alta
  • Gosta de latir: Sim
  • Gosta de uivar: Sim

Temperamento

  • Nível de energia: Médio
  • Gosta de brincar: Sim
  • Fica bem sozinho: Médio
  • Bom cão de proteção: Não
  • Nível de obediência: Alto
  • Instinto de caça: Alto

Convivência

  • Gosta de outros cachorros: Não

  • Gosta de outros animais: Não

  • Gosta de crianças: Médio
  • Lida bem com desconhecidos: Médio
  • Carinhoso: Sim

Cuidados básicos

  • Cuidados com a pelagem : Muito
  • Solta pelo: Sim
  • Exala cheiro: Pouco
  • Baba: Médio

Doenças comuns

  • Osteopatia Crânio-mandibular
  • Cataratas
  • Síndrome de Legg-Calve-Perthes
  • Fibrose pulmonar

Mais sobre West Highland Terrier

Origem

O west highland white terrier, por muitos chamado apenas “westie”, é um cão rateiro originário da Escócia, no século XIX. Inicialmente criado para caçar animais de pequeno porte, como texugos e ratos, este cachorro se destacava por sua habilidade e vivacidade na execução de tarefas.

 

Seu “boom” no Brasil se deu perto do ano 2000 após o IG, provedor de Internet, adotar a raça como garoto propaganda da marca. Desta data em diante, o westie, que ficou conhecida como a raça do cachorro do IG, ganhou muita popularidade por aqui principalmente como cão de companhia.

Temperamento

Enérgico e travesso, o west highland white terrier está sempre pronto para participar de brincadeiras e atividades diversas, se dando bem tanto em exercícios físicos quanto mentais. Apresentando uma grande necessidade de estar perto dos humanos, esta raça é amorosa e carente, sendo uma excelente companhia dentro de casa.

 

Comumente corajoso e inteligente, o cão desta raça pode conviver bem com outros animais e crianças, desde que acostumado com eles quando  filhote – uma vez que quando isso não acontece, seu instinto caçador pode prevalecer.

Cuidados Básicos

Muitos westies necessitam de adestramento especializado, principalmente com a intenção de coibir atos destrutivos e latidos constantes e sem motivo aparente, se mostrando algumas vezes teimoso.

 

Seu pelo denso e espesso necessita de cuidados especiais, incluindo escovação e banhos frequentes.
Deformidades no quadril, luxação de patela e a ocorrência de catarata com o avanço da idade são preocupações reais para quem deseja ter um westie, daí a importância em pesquisar sobre a origem do filhote e seus pais.

 

Foto: Digital Walpapers

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *